Política

Após ser denunciado três vezes por Janot, Jucá ironiza: "Não sei se é um fetiche"

Após ser denunciado três vezes em oitos dias ao Supremo Tribunal Federal (STF), o líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta terça-feira (29) que o Procurador-Geral da República Rodrigo Janot tem uma “fixação” com ele. “Eu diria que pelo menos é uma fixação. Ele até deu declaração sobre o meu bigode, não sei se é um fetiche, não sei se é alguma coisa”, disse.[Leia mais...]

[Após ser denunciado três vezes por Janot, Jucá ironiza:
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 29 de Agosto de 2017 ⋅ 14:35

Após ser denunciado três vezes em oitos dias ao Supremo Tribunal Federal (STF), o líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR), afirmou nesta terça-feira (29) que o Procurador-Geral da República Rodrigo Janot tem uma “fixação” com ele. “Eu diria que pelo menos é uma fixação. Ele até deu declaração sobre o meu bigode, não sei se é um fetiche, não sei se é alguma coisa”, disse.

Na última segunda-feira (28), Janot denunciou Jucá pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. No dia 21, ele foi denunciado pela Operação Zelotes e no dia 25, o peemedebista e integrantes da sigla foram denunciados por suspeita de envolvimento no esquema de corrupção na Transpetro.

Jucá nega as acusações feitas por Janot e afirma que "não tem nada a dever".“Eu confio na Justiça. Quem parece que não confia na Justiça é o senhor Rodrigo Janot”, afirmou. “Não dá para querer se transformar em justiceiro, passar por cima da Justiça e tentar fazer uma ação deliberadamente contra a política brasileira”, acrescentou.

Notícias relacionadas