Política

Ministro autoriza PGR a interrogar Temer sobre decreto no setor de portos

O presidente Michel deverá ser interrogado pela Procuradoria Geral da República (PGR) em um inquérito que apura suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro na edição de um decreto do setor de portos. [Leia mais...]

[Ministro autoriza PGR a interrogar Temer sobre decreto no setor de portos]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 05 de Outubro de 2017 ⋅ 19:00

O presidente Michel deverá ser interrogado pela Procuradoria Geral da República (PGR) em um inquérito que apura suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro na edição de um decreto do setor de portos. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (5) pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), a pedido da procuradora-geral, Raquel Dodge, na última sexta-feira (29). Temer é suspeito de receber propina pela edição, neste ano, de um decreto que teria beneficiado a Rodrimar, concessionária no porto de Santos. 

Na autorização, Barroso, que é relator do caso no STF, permitiu que o depoimento seja por escrito. As perguntas serão previamente enviadas ao presidente. Temer também tem a opção de ser ouvido pessoalmente ou ainda ficar em silêncio. 

 

Notícias relacionadas

[STJ concede prisão domiciliar a ex-assessor Fabrício Queiroz]
Política

STJ concede prisão domiciliar a ex-assessor Fabrício Queiroz

Por João Brandão no dia 09 de Julho de 2020 ⋅ 16:28 em Política

Investigado por participação em esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), onde Flávio Bolsonaro ocupou cadeira de deputado, Queiroz est...