Política

Maia abre nova sessão para votação da denúncia contra Temer

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, abriu uma nova sessão para a votação da denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer por volta das 13h48 desta quarta-feira (25). [Leia mais...]

[Maia abre nova sessão para votação da denúncia contra Temer]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 25 de Outubro de 2017 ⋅ 14:10

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, abriu uma nova sessão para a votação da denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer por volta das 13h48 desta quarta-feira (25). O plenário deve votar ainda nesta quarta se autoriza ou não o prosseguimento da acusação contra o presidente pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça.

A primeira sessão foi aberta nesta manhã, por volta ads 9h, atingiu a duração máxima de cinco horas e teve de ser encerrada logo após o plenário rejeitar, por 184 votos contrários e 4 favoráveis, o requerimento de adiamento apresentado pela base aliada do governo. O pedido seria uma estratégia para que os deputados ausentes fossem atrídos ao plenário, por causa do risco de corte do ponto.

Agora, pela tarde, o painel de presença foi zerado e a contagem do quórum foi reiniciada. Dos 410 deputados presentes na Câmara, 171 estão registrados na sessão no plenário neste momento. A votação, que será nominal, só será iniciada com a presença 342 no plenário. Para que a denúncia prossiga também é necessário pelo menos o voto de 342 do total de 513 deputados.

De acordo com o líder do governo na Câmara Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), a expectativa é que a votação ocorra ainda hoje. “A gente está aqui pra votar, se a oposição não quer votar a matéria, a compreensão dela é essa porque não tem o número de votos suficientes”, disse

Notícias relacionadas