Política

Sedur nega ʹinvasãoʹ e diz que área de Itinga pertence à Prefeitura de Salvador

Após a polêmica envolvendo uma operação da Prefeitura de Salvador na última quarta-feira (15), no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) se manifestou e afirmou que a ação ocorreu dentro da legalidade. [Leia mais...]

[Sedur nega ʹinvasãoʹ e diz que área de Itinga pertence à Prefeitura de Salvador]
Foto : Reprodução

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2017 ⋅ 12:43

Após a polêmica envolvendo uma operação da Prefeitura de Salvador na última quarta-feira (15), no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) se manifestou e afirmou que a ação ocorreu dentro da legalidade. Por meio de nota divulgada nesta quinta-feira (16), a pasta declarou que o local pertence ao território de Salvador e que a Prefeitura de Lauro de Freitas construiu irregularmente uma praça sem os necessários alvarás de construção e ambiental autorizados pela Sedur.

"Durante a fiscalização, foi verificada a supressão de vegetação em área pública, sem a devida autorização ambiental da Prefeitura de Salvador, o que caracteriza crime ambiental. Na ocasião, os fiscais apreenderam placas de publicidade, que também não possuem autorização para exibição em área pública", afirmou a pasta na nota.

A Sedur afirmou ainda que a ação está respaldada na legislação municipal de Salvador e que realiza diariamente operações de fiscalização no município com o objetivo de "combater as construções irregulares e invasões em áreas públicas".

Leia mais:

>>> Moema cobra civilidade de Neto após acusá-lo de invasão em Lauro: "Na tora, não dá"

>>> Prefeita de Lauro de Freitas acusa Prefeitura de Salvador de invadir comunidade em Itinga; vídeo

>>> Estações do metrô motivam interesse da Prefeitura de Salvador em bairros de Lauro de Freitas

Notícias relacionadas