Política

Kannário acusa PM de violência e diz que Neto dá moral a ʹbunda moleʹ

O cantor Igor Kannário agitou os foliões que marcaram presença no Campo Grande nesta segunda-feira (12) de Carnaval. Durante a apresentação para a pipoca, o pagodeiro fez críticas após a atuação de policiais militares, acusados de agredir quem curtia o show. [Leia mais...]

[Kannário acusa PM de violência e diz que Neto dá moral a ʹbunda moleʹ]
Foto : Alfredo Filho/Secom/PMS

Por Matheus Simoni no dia 12 de Fevereiro de 2018 ⋅ 19:16

O cantor Igor Kannário agitou os foliões que marcaram presença no Campo Grande nesta segunda-feira (12) de Carnaval. Durante a apresentação para a pipoca, o pagodeiro fez críticas após a atuação de policiais militares, acusados de agredir quem curtia o show.

Em mensagem direcionada ao governador Rui Costa, o vereador do PHS cobrou um encontro para discutir a ação da PM. "Preciso de uma audiência com o senhor. Eu tenho imagens da Polícia Militar agredindo a população. Isso é abuso de autoridade, agressão. Um desrespeito à população, nós que pagamos o imposto. Vocês precisam filmar isso, a PM está agredindo as pessoas. Vocês são pagos por nós", disse.

Ao saudar o camarote da Prefeitura de Salvador, Kannário notou a ausência do prefeito ACM Neto, que estava na Barra, e mandou um recado para o vice-prefeito Bruno Reis. "O prefeito fica dando moral a bunda mole que fica falando mal dele. Estou sentindo a falta do meu prefeito aqui. Bruno, eu falei que se ele não estivesse aqui eu ia escaldar tudo", afirmou o artista.

Comentarios

Notícias relacionadas