Política

OAB rebate comandante do Exército: ʹNão podemos repetir erros do passadoʹ

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, afirmou na noite de ontem (4), que o respeito às decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) é condição fundamental para a democracia. [Leia mais...]

[OAB rebate comandante do Exército: ʹNão podemos repetir erros do passadoʹ]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil

Por Matheus Simoni no dia 04 de Abril de 2018 ⋅ 07:41

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, afirmou na noite de ontem (3) que o respeito às decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) é condição fundamental para a democracia. As declarações ocorrem após a publicação de mensagens do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, no Twitter. O militar afirmou que as Forças Armadas estavam "atentas à sua missão institucional".

"O país vive hoje seu mais longo período democrático, iniciado com o fim da ditadura militar. Nossa jovem democracia já criou instituições sólidas e capazes de lidar com erros e acertos. É preciso  aprimorá-las, como tem sido feito a partir do uso de ferramentas e mecanismos constitucionais. Não existe solução para o Brasil à margem da Constituição", afirmou Lamachia.

Ainda de acordo com o presidente da OAB, qualquer tentativa de retrocesso deve ser repudiada pela sociedade. "A OAB, no seu papel de tribuna da cidadania e defensora intransigente do Estado democrático de Direito, conclama a nação a repudiar qualquer tentativa de retrocesso e reitera sua determinação em continuar apoiando a luta pela erradicação da corrupção em nosso país, na estrita observância do que determina a Constituição. Para os males da democracia, mais democracia. Não podemos repetir os erros do passado", diz o dirigente da Ordem.

Notícias relacionadas