Política

'Queremos por um ponto final nas escolinhas do MST', diz Bolsonaro

Presidenciável do PSL chamou os esquerdistas de "malandros que nunca trabalharam na vida"

['Queremos por um ponto final nas escolinhas do MST', diz Bolsonaro]
Foto : Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 26 de Outubro de 2018 ⋅ 10:20

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) disse, ontem, que é preciso fechar as escolas em assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

"Queremos por um ponto final nas escolinhas do MST. A bandeira que eles hasteiam não é a verde e amarela, é a vermelha com uma foice e um martelo. Lá eles não aprendem o Hino Nacional, eles aprendem a Internacional Socialista. Eles estão formando uma fábrica de guerrilheiros no Brasil", afirmou, em entrevista à TV Aparecida.

Bolsonaro voltou a criticar os esquerdistas, ao chamar de "malandros que nunca trabalharam na vida". "Sempre viveram às custas dos outros. Isso tem de acabar no Brasil e vai acabar na forma da lei, se eu for presidente da República", afirmou.

Notícias relacionadas