Política

Bolsonaro defende Moro, mas afirma que não existe confiança 100%

Presidente ainda indicou que ninguém é inabalável no cargo

[Bolsonaro defende Moro, mas afirma que não existe confiança 100%]
Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Lis Grassi no dia 15 de Junho de 2019 ⋅ 17:30

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu o ministro da Justiça, Sérgio Moro, após a divulgação de novos trechos de conversas privadas em que o então juiz passa orientações a procuradores da Lava Jato. De acordo com publicação da Folha, o presidente, no entanto, disse que não existe confiança 100%. "Eu não sei das particularidades da vida do Moro. Eu não frequento a casa dele. Ele não frequenta a minha casa por questão até de local onde moram nossas famílias. Mas mesmo assim, meu pai dizia para mim: confie 100% só em mim e minha mãe", disse Bolsonaro.

O presidente ainda indicou que ninguém é inabalável no cargo e citou a situação do general Santo Cruz, demitido na última semana da Secretaria Geral de Governo. "Todo mundo pode ser [demitido]. Muita gente se surpreendeu com a saída do general Santos Cruz. Isso pode acontecer. Muitas vezes, a separação de um casal você se surpreende: 'mas viviam tão bem!'. Mas a gente nunca sabe qual a razão daquilo. E é bom não saber. Que cada um seja feliz da sua maneira", afirmou. 

Notícias relacionadas

[Bolsonaro estuda acabar com Ancine, diz coluna]
Política

Bolsonaro estuda acabar com Ancine, diz coluna

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Julho de 2019 ⋅ 07:20 em Política

Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha, o presidente não teria gostado de saber de projetos aprovados pela agência, como um reality para revelação de modelos trans