Política

Maia diz que ficou 'perplexo' com tratamento dado por Guedes a Levy

Levy pediu demissão ontem (16), depois de o presidente Jair Bolsonaro ter declarado em entrevista coletiva que ele estava com a "cabeça a prêmio"

[Maia diz que ficou 'perplexo' com tratamento dado por Guedes a Levy]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 17 de Junho de 2019 ⋅ 06:52

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que ficou "perplexo" com o tratamento dado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ao agora ex-presidente do  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy.

A informação é do blog de Andréia Sadi, do G1.

Levy pediu demissão ontem (16), depois de o presidente Jair Bolsonaro ter declarado em entrevista coletiva que ele estava com a "cabeça a prêmio", ao cobrar a demissão do diretor Marcos Pinto do banco de fomento, porque seria ligado ao PT. 

Ontem, Rodrigo Maia e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), se reuniram para discutir a pauta do Congresso desta semana e também avaliar o cenário político e econômico.

Ao blog, o presidente da Câmara disse que soube da saída de Levy pela imprensa e acrescentou que ficou surpreso com a justificativa do governo.

O agora ex-diretor Marcos Pinto é respeitado entre economistas e técnicos. De acordo com o jornal "Valor Econômico", é mestre em direito pela Universidade de Yale (EUA) e doutor pela Universidade de São Paulo (USP).

Notícias relacionadas

[PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido]
Política

PSL deve suspender Eduardo Bolsonaro por críticas ao partido

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Política

“Precisamos salvar o Brasil dos filhos do presidente”, disse o deputado Júnior Bozzella (SP), que é um dos principais porta-vozes do presidente da sigla, Luciano Bivar