Política

'A esquerda não vai criar novas lideranças?', questiona Molon sobre 2022

Líder da oposição sugere que outros partidos coloquem nomes para ter chances de derrotar o presidente Jair Bolsonaro na eventual tentativa de reeleição

['A esquerda não vai criar novas lideranças?', questiona Molon sobre 2022]
Foto : Matheus Simoni/Metropress

Por Juliana Almirante no dia 15 de Janeiro de 2020 ⋅ 09:18

O líder da oposição na Câmara Federal, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), avaliou, em entrevista à Rádio Metrópole hoje (15), que a esquerda precisa dar oportunidade a outros partidos e consolidar novas lideranças, a fim de ter chances de derrotar o presidente Jair Bolsonaro na tentativa de reeleição em 2022. 

Molon lembrou o caso da Argentina, em que a ex-presidente Cristina Kirchner preferiu escolher outro candidato que teria capacidade de agregar outros setores do que tentar levar a frente a própria candidatura.

Ele ainda citou a declaração do governador Rui Costa (PT) à Veja, em que considerou que o PT deveria ter dado chances a outros partidos no pleito que elegeu Bolsonaro. 

“Os outros campos estão criando novas lideranças. Há propulsão de candidatos, como Doria, da direita. E a esquerda não vai criar novas lideranças? A entrevista de Rui foi corajosa quando disse que deveria ter dado oportunidade a outros partidos”, afirmou. 

Notícias relacionadas

[Aras nomeia nova chefe da Lava Jato ]
Política

Aras nomeia nova chefe da Lava Jato

Por Lara Curcino no dia 24 de Janeiro de 2020 ⋅ 11:03 em Política

Lindora Maria Araújo assume lugar de José Adonis Callou de Araújo Sá, que pediu demissão por divergências com o PGR