Política

Alcolumbre ameaça convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso

Requerimento poderá ser pautado na primeira sessão do Senado após o Carnaval

[Alcolumbre ameaça convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso]
Foto : Marcos Oliveira/Agência Senado

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Fevereiro de 2020 ⋅ 15:00

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pretende pautar na primeira sessão da Casa após o Carnaval, em 3 de março, um requerimento de convocação para que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, esclareça a declaração em que acusou o Congresso de chantagear o governo. O requerimento foi apresentado pelo líder do PT, Rogério Carvalho (SE).

Para que o requerimento seja aprovado, é necessário o voto da maioria dos presentes. Segundo a Folha, mesmo quem concorda com o que disse Heleno entende que ele não poderia ter se expressado publicamente daquela forma, pois agravou a já difícil relação entre o governo e o Congresso.

Alcolumbre não reagiu bem ao posicionamento de Heleno. Ao tomar conhecimento do que havia dito o ministro, repetiu que "isso é inacreditável" e relatou a pessoas próximas que se sentiu ofendido. Publicamente, manifestou-se por uma nota na qual dizia que "nenhum ataque à democracia será tolerado pelo Parlamento".

Notícias relacionadas