Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Segunda-feira, 04 de março de 2024

Rádio Metropole

Coronel Coutinho diz que balanço do Carnaval é positivo, mas confusões e superlotação exigem atenção

Entrevista à transmissão de Carnaval da Rádio Metropole e da Macaco Gordo, Coronel Coutinho faz balanço do Carnaval de Salvador

Coronel Coutinho diz que balanço do Carnaval é positivo, mas confusões e superlotação exigem atenção

Foto: Tácio Moreira

Por: Metro1 no dia 12 de fevereiro de 2024 às 19:38

Atualizado: no dia 12 de fevereiro de 2024 às 19:43

Em entrevista à transmissão de Carnaval da Rádio Metropole e da Macaco Gordo, nesta segunda-feira (12), o Coronel Coutinho, comandante-geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), fez um balanço do Carnaval de Salvador.

Ao ser questionado sobre o número de brigas e confusões durante a festa, o Coronel afirmou que o balanço geral é positivo, mas que as ocorrências existem e a PM está pronta para intervir e resolver da melhor forma possível.

"As confusões elas existem, mas a polícia militar está presente para fazer a intervenção e resolver da melhor forma possível, além de todos os processos de policiamento que nós estamos fazendo ao redor do circuito", disse o coronel.

Já sobre o fechamento dos portões no sábado (11) na Barra devido à superlotação, o Coronel Coutinho explicou que a medida foi tomada por questões de segurança.

"Esse carnaval ele tem uma característica muito específica, tem um grande aglomerado de pessoas, que nos apanhou de surpresa por causa do atraso dos trios. Como não existia o fluxo natural, houve uma superlotação na Barra e eu determinei o fechamento dos acessos por uma questão de segurança alinhado com o comando do corpo de bombeiros. Mas nós estamos atentos, por enquanto está tudo tranquilo, normal. A gente espera que assim continue e que amanhã também não tenha qualquer intercorrência dessa natureza", afirmou.

Coronel Coutinho também destacou o trabalho da PM para garantir a segurança dos foliões durante o Carnaval. "A gente está trabalhando com um efetivo reforçado, com mais de 16 mil policiais militares nas ruas, além do apoio de outras forças de segurança. Estamos fazendo um trabalho preventivo e ostensivo para garantir a segurança de todos", acrescentou.