Segunda-feira, 16 de maio de 2022

Saúde

Teste rápido de Covid deve ter cobertura obrigatória por plano de saúde, decide ANS

A decisão já foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (20). A medida começa a valer imediatamente

Teste rápido de Covid deve ter cobertura obrigatória por plano de saúde, decide ANS

Foto: Fábio Marchetto/Divulgação

Por: Metro1 no dia 20 de janeiro de 2022 às 10:16

A Agência Nacional de Saúde (ANS) decidiu, na noite da última quarta-feira (19), que planos de saúde devem obrigatoriamente oferecer cobertura para teste rápido de detecção de Covid-19. 

A decisão já foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quinta-feira (20). A medida começa a valer imediatamente.

O teste de antígeno tem resultado rápido - cerca de 15 minutos - e são mais baratos que o PCR. “Neste momento, compreendemos que a inclusão do teste rápido para detecção de antígeno pode ser realmente útil, tendo em vista que os testes rápidos são mais acessíveis e fornecem resultados mais rapidamente que o RT-PCR, por exemplo”. avaliou Paulo Rebello, diretor-presidente da ANS.

Porém, especialistas alertam que um resultado negativo pode se configurar como um "falso negativo", caso a pessoa esteja com sintomas gripais.

A recomendação da ANS é que os pacientes sintomáticos, entre o 1º e o 7º dia de sintomas, peçam a requisição a um médico e, então, o plano de saúde deverá liberar a realização do exame. 

Teste rápido de Covid deve ter cobertura obrigatória por plano de saúde, decide ANS - Metro 1