Domingo, 03 de julho de 2022

Cidade

Prefeitura se queixa de furto de materiais em obra de praça em Pernambués

Segundo a Desal, intervenção na praça Arthur Lago está prevista para ser concluída em 26 de outubro

Prefeitura se queixa de furto de materiais em obra de praça em Pernambués

Foto: Divulgação

Por: Metro1 no dia 17 de setembro de 2021 às 08:33

Com previsão de conclusão até 26 de outubro, a reforma da praça Arthur Lago, no bairro de Pernambués, em Salvador, enfrenta um problema diário de furto de materiais. De acordo com a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), peças estruturantes, tijolos, dutos, areia e madeiras estão entre os itens que têm sido subtraídos.

Ainda segundo a Desal, algumas etapas da obra já foram concluídas, a exemplo das redes de drenagem de águas pluviais e esgoto, do piso em concreto armado e dos bancos modulares antivandalismo. "Nos próximos dias, será feita a instalação do granito, que comporá com os equipamentos que serão instalados no local. A instalação da iluminação também será feita assim que o cabeamento interno for concluído", diz a nota enviada ao Metro1.

A praça Arthur Lago foi fechada em 18 de junho, o que causou polêmica entre os ambulantes que trabalham no local. Os trailers e barracas foram deslocados para as imediações do conjunto habitacional São Judas Tadeu. A obra de requalificação do espaço só começou em 26 de julho, com projeto da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) e duração de 90 dias, podendo ser prorrogada.

Prefeitura se queixa de furto de materiais em obra de praça em Pernambués - Metro 1