Cidade

Entregadores de aplicativos fazem manifestações em Salvador

Com o objetivo de conquistar melhores condições de trabalho, as manifestações também ocorreram em Aracaju, Belo Horizonte, Campinas, São Paulo, Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro

[Entregadores de aplicativos fazem manifestações em Salvador]
Foto : Leitor Metro1

Por Kamille Martinho no dia 01 de Julho de 2020 ⋅ 13:25

Entregadores de aplicativos fizeram protestos em Salvador, e em outras cidades do país, na manhã de hoje (1º) com o objetivo de reivindicar melhores condições de trabalho. Além da capital baiana, o manifesto foi registrado em Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), São Paulo (SP), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Rio de Janeiro (RJ).

Em Salvador, os manifestantes passaram pelas proximidades do Shopping Salvador e Shopping da Bahia, além da Ligação Iguatemi x Paralela (LIP). Havia ainda a pretensão de passassem pela Vila Hortência (Engomadeira), Bela Vista (Cabula) e Barra.

Segundo o G1, os manifestantes não têm uma representação sindical. No entanto, em comum, incluíram na pauta de reivindicações os seguintes itens:

  • aumento do valor recebido por quilômetro rodado;
  • aumento do valor mínimo;
  • fim do que os entregadores consideram bloqueios indevidos;
  • seguro de roubo, acidente e vida;
  • auxílio pandemia (equipamentos de proteção individual - EPIs - e licença).

Em nota à imprensa, as empresas que integram a Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia (Amobitec), que atuam no setor de delivery, informam que desde o início da pandemia foram tomadas diversas medidas de apoio e informou estar aberta ao diálogo. Ainda de acordo com a Amobitec, a mobilização desta quarta "não acarretará em punições ou bloqueios de qualquer natureza".

Notícias relacionadas