Editorial

MK lamenta mortes de motoristas de apps em Salvador e cobra solução rápida do caso; ouça

Em comentário na Rádio Metrópole, Mário Kertész também voltou a falar sobre a situação do PT nas eleições municipais de Salvador

[MK lamenta mortes de motoristas de apps em Salvador e cobra solução rápida do caso; ouça]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Metro1 no dia 16 de Dezembro de 2019 ⋅ 07:50

Em comentário na Rádio Metrópole, na manhã de hoje (16), Mário Kertész demonstrou indignação com a chacina que resultou na morte de quatro motoristas de aplicativos de transporte, na última sexta (13), em Salvador. MK cobrou que o caso seja esclarecido o quanto antes.

"Isso é uma coisa inacreditável! Por quê? Quem? Qual a causa? O que foi que houve? Tem algum outro tipo de ligação? A polícia tem que esclarecer isso! Realmente, os motoristas de aplicativo estão convocando os colegas a paralisarem as atividades hoje e se encontrarem no CAB para conversar com o governador. Como é que acontece isso? Com sinais de tortura, inclusive, das pessoas? Que barbárie é essa? O que foi, o que é que tá por trás disso? A gente vai ficar no escuro sem saber? Nós vamos acompanhar e estaremos dando toda força para que haja o esclarecimento disso da maneira mais rápida possível", disse.

MK ainda voltou a falar sobre a situação do PT em Salvador nas eleições municipais de 2020. "Desde 1985 até a última eleição, em 2016, o PT teve candidato em todas e perdeu em todas. Na última, apoiou o PC do B e perdeu. É engraçado. Em Salvador, ganha para governador e toma cacete pra prefeito. Mas agora parece que o PT está cheio de candidatos fortes. Não sei quais são, nem vejo, procuro até me lembrar, não consigo", ironizou. Ele ainda elogiou o posicionamento do governador da Bahia, Rui Costa, que defende que o ex-presidente Lula deve ter um papel "pacificador".

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas