Justiça

Justiça dá 15 dias para prefeitura explicar carros oficiais em campanha de Zé Ronaldo 

O desembargador negou, ainda, um pedido dos réus para manter o processo em segredo de Justiça. "Não vislumbro fundamento legal para a manutenção do referido sigilo", argumentou.

[Justiça dá 15 dias para prefeitura explicar carros oficiais em campanha de Zé Ronaldo ]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Alexandre Galvão no dia 29 de Maio de 2019 ⋅ 07:50

Relator do processo que investiga suposto uso de carros oficiais da prefeitura de Salvador durante a campanha de Zé Ronaldo ao governo do Estado, o desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano deu 15 dias para que a prefeitura explique se veículos flagrados pelo Metro1 eram contratados mesmo pela administração pública. 

Em despacho assinado no dia 16 deste mês, o desembargador pede ainda que a empresa Solução Logística Ltda, que tinha vínculos contratuais com o município, informe em 15 dias os nomes e endereços dos motoristas que conduziram dois carros no dia 6 de setembro de 2018.

Aparecem como réus na ação José Ronaldo, o prefeito ACM Neto, o secretário de Mobilidade Urbana de Salvador, Fábio Mota, o ex-secretário de Infraestrutura, Almir Melo e a ex-candidata a vice, Mônica Bahia. 

O desembargador negou, ainda, um pedido dos réus para manter o processo em segredo de Justiça. "Não vislumbro fundamento legal para a manutenção do referido sigilo", argumentou.

Notícias relacionadas