Política

Bolsonaro ‘cumpre o que prometeu’ com saída de cubanos do Mais Médicos, diz Vilas-Boas

Ainda de acordo com o secretário, o Mais Médicos é um programa bem-sucedido e, com a ausência dos médicos estrangeiros, parte da população vai ficar sem assistência

[Bolsonaro ‘cumpre o que prometeu’ com saída de cubanos do Mais Médicos, diz Vilas-Boas]
Foto : Mateus Pereira / GOVBA

Por Alexandre Galvão no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 07:45

Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas disse, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) cumpre uma promessa com a saída dos cubanos do Mais Médicos. 

“Quem achou que isso não iria acontecer é só ver as declarações do presidente eleito dizendo que iria fazer o que acabou de fazer. Está cumprindo o que prometeu”, afirmou. 

Ainda de acordo com o secretário, o Mais Médicos é um programa bem-sucedido e, com a ausência dos médicos estrangeiros, parte da população vai ficar sem assistência. “Há uma tendência das pessoas que não conhecem saúde menosprezar, achar que é irrelevante a atenção primária. Uma pessoa com problema crônico não vai se cuidar em uma UPA, ela precisa de um médico que acompanhe. Outra coisa, pré-natal é feito nos postos com médicos brasileiros e cubanos. O que será das pessoas sem esses médicos?”, questiona. 

Vilas-Boas comentou também sobre a morte de Paulo Sérgio Tourinho, presidente do Hospital Aliança. “Perdemos um dos maiores empresários que essa Bahia já teve. Ele se tornou conhecido por conta do hospital, mas teve o banco econômico, a seguradora. Empresários como esse são raros no Brasil. Empresário com consciência social é raro no capitalismo brasileiro”.

Notícias relacionadas