Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Procurador-geral solicita ao STF investigação das ações de Pazuello diante do colapso em Manaus

Ação ocorre após críticas a um um comunicado da PGR que dizia que a responsabilidade de apurar "eventuais ilícitos" é de competência do Congresso

[Procurador-geral solicita ao STF investigação das ações de Pazuello diante do colapso em Manaus]
Foto : Roberto Jayme/Ascom/TSE

Por Adele Robichez no dia 24 de Janeiro de 2021 ⋅ 12:00

O procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de uma investigação do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para apurar se houve omissão frente ao colapso do sistema de saúde em Manaus.

Essa ação ocorre após críticas a um um comunicado da PGR que dizia que a responsabilidade de apurar "eventuais ilícitos" é de competência do Congresso. Nessa situação, procuradores do Ministério Público iniciaram investigações sobre as ações do governo federal no combate à pandemia do coronavírus.

O pedido encaminhado por Aras informa que o responsável pela pasta não atuou de forma rápida e necessária para resolver o problema da alta de casos na capital do Amazonas quando já havia sido alertado com antecedência para a insuficiência de oxigênio nos hospitais para enfrentar a pandemia do coronavírus. O texto afirma que o ministro privilegiou a distribuição da cloroquina, um remédio sem eficácia comprovada para a Covid-19, enquanto o estado entrava em uma profunda crise.

Na semana passada, o procurador-geral já tinha solicitado esclarecimentos ao ministro da Saúde sobre o tema. Afirmou que decidiu abrir o inquérito “após analisar as informações, apresentadas em ofício de quase 200 páginas, e atento à situação calamitosa de Manaus”.

Notícias relacionadas